mruiandre Mário, todavia, Rui, contudo, André

Fibra

Registo da chegada do futuro. Parece que as zonas rurais já podem andar à mesma velocidade que os grandes centros urbanos. 10 anos depois, a fibra chegou.

Um dado. Em 2015, o compromisso Agenda Portugal Digital definiu que, num prazo de 5 anos (ou seja, até 2020), toda a população teria acesso a internet de pelo 30 Mbps, pelo menos 50% das casas teriam 100 Mbps e que existiria coesão territorial e investimentos em áreas rurais que promoveriam igualdade de oportunidades. Mas a realidade é que zonas mais rurais e também bairros mais pobres, onde as operadoras não têm garantias de retorno financeiro, são particularmente afectadas por ligações à internet de baixa velocidade e/ou fiabilidade.

Este tema é particularmente pertinente nesta altura. Com o teletrabalho a ganhar força e a oferta online de conteúdos a crescer, um território a navegar à mesma velocidade é extraordinariamente importante para que não exista discriminação. Falei disso no Shifter.

mruiandre Mário, todavia, Rui, contudo, André

No Twitter

Instagram

Seguir