mruiandre Mário, todavia, Rui, contudo, André

Cidade

Nunca como ontem vi Lisboa tão cheia de bicicletas. Nunca. Alguns commuters mas muitas famílias. Muitas mesmo. Pais e filhos em fila indiana. E muitos jovens. Ciclovias movimentadas por toda a cidade. Isto só mostra que a infra-estrutura ciclável faz todo o sentido no meio urbano, que é procurada quando existe e que, por isso, é uma aposta ganha. A cidade deve ser para todos, não apenas para o automóvel. E as ciclovias também podem servir para lazer. Lisboa precisa de mais. Mais do que nunca, a bicicleta é bem-vinda na cidade porque permite o distanciamento social, permite actividade física, não polui e serve todas as idades. A própria Organização Mundial de Saúde recomenda o seu uso, juntamente com o andar a pé, acima de todas as outras formas de mobilidade. Cidades pelo mundo fora já ouviram, estando a dar mais espaço às bicicletas e às pessoas. Lisboa precisa de ouvir também. Tenhamos esperança.

mruiandre Mário, todavia, Rui, contudo, André

No Twitter

Instagram

Seguir