mruiandre Mário, todavia, Rui, contudo, André

Lidl e bicicletas

O marketing verde está na moda. Supermercados correm para se verem livres do plástico e colocarem escovas de bambu nas prateleiras. Mas qual continua a ser a melhor forma de chegar a muitos supermercados? Yup, o carrito! O estacionamento é amplo e grátis, e muitas vezes até há sombra com fartura. Para bicicletas é que nada… Quer dizer até há, mas são daqueles estacionamentos mais conhecidos como “entorta rodas” e que, além disso, são tudo menos seguros. Um bom estacionamento para bicicletas é aquele que permite prendê-las pelo quadro e não pela roda. Infelizmente não são só supermercados com o Lidl que apostam nos “entorta rodas” – é bem mais “grave” quando entidades públicas como bibliotecas o fazem.

Mas pronto, agora vão dizer-me: ah, mas onde é que metemos as compras na bicicleta? E eu respondo: não se vai aviar a despensa mas pode fazer-se pequenas compras. A sério: nada contra com ir de carro ao supermercado, mas 1) é importante não esquecer as outras formas de mobilidade, principalmente quando são mais amigas do ambiente; 2) quanto se criam condições para um determinado modo de transporte as pessoas usam-no; e 3) quem anda de bicicleta pode comprar em menos de cada vez mas comprar mais a longo prazo – porque pode impulsivamente parar à frente de uma loja, entrar, comprar e seguir caminho. E não, não estou a falar de cor.

mruiandre Mário, todavia, Rui, contudo, André

No Twitter

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

Seguir