mruiandre Mário, todavia, Rui, contudo, André

Definir o Shifter

Mudar o Shifter não é só vestir-lhe novas roupas. É algo mais profundo.

É um trabalho de definição conceptual, estratégica, editorial…, que se provou ser difícil ao longo dos nossos 5/6 anos de vida. Já dissemos ser muita coisa e as pessoas também vão tendo as suas próprias definições do Shifter. Depois de testarmos diferentes abordagens, aprendermos com erros, buscarmos novas inspirações, escutarmos feedback da comunidade e discutirmos ideias entre nós, estamos seguros do caminho que pretendemos seguir mas ao mesmo tempo abertos a desvios – afinal, o mundo está sempre a mudar e nunca teremos medo de mudar com ele.

Por agora, a mudança é no sentido de nos tornarmos não um órgão de comunicação social fechado em si mesmo, mas sim um órgão aberto à comunidade e aos contributos da comunidade. Ou seja, queremos ser um media open source, que partilha o que faz e que convida todos a participar. Propomo-nos a crescer juntos – a inovar, a melhorar e a criar em conjunto.

Em Shifter2020.pt encontram um texto do João Ribeiro que explica melhor esta mudança e a nossa nova promessa – “O que somos e o que queremos ser”. Seleccionei algumas frases.

mruiandre Mário, todavia, Rui, contudo, André

No Twitter

Instagram

Seguir