mruiandre Mário, todavia, Rui, contudo, André

Alfa Pendular

Lembro-me da primeira vez que andei de Alfa Pendular, não foi há muitos anos. Lembro-me de ficar maravilhado com o interior que fazia lembrar o de um avião e encantado com a velocidade que às vezes o comboio atingia – mais de 200 km/h!

Este fim-de-semana o Público publicou dois artigos sobre o Alfa – o principal é este. Nos textos, aprende-se que o serviço de alta velocidade português, inaugurado há duas décadas, a 1 de Julho de 1999, continua desaproveitado. Deveria ligar Lisboa e Porto em 2 horas, mas liga as duas cidades em quase 3 horas.

Já a velocidade máxima de 220 km/h só é atingida em 23% do percurso; a justificação reside na infra-estrutura da Linha do Norte, que apesar da modernização feita há 20 anos continua a não permitir que o Alfa acelere em todo o seu esplendor.

mruiandre Mário, todavia, Rui, contudo, André

No Twitter

Instagram

Seguir