mruiandre Mário, todavia, Rui, contudo, André

Nonio Blocker

Praticamente toda a comunicação social portuguesa com excepção do Observado e do ECO lançou o Nonio, obrigando as pessoas a registarem-se caso decidam ler mais que X artigos. Resultado: quase já não dá para ler um artigo sem aparecer único pop-up irritante do Nonio à frente.

Felizmente, e porque o Nonio é uma aberração, já há extensões para Firefox e Chrome que removem todo e qualquer pop-up do Nonio, permitindo navegar à vontade, sem registo, sem facultar dados pessoais (que os órgãos de comunicação social querem apenas para nos vender publicidade).

Sobre o Nonio, está aqui uma análise do Diogo Queiroz de Andrade muito pertinente:

“para piorar, como é típico no mundo digital português, o projeto não foi devidamente testado junto de consumidores e por isso há tantas críticas ao seu uso ineficiente; depois, porque o projeto foi mal comunicado e mal explicado aos utilizadores, típico também da arrogância e desorganização com que se tratam os consumidores dos produtos informativos em alguns meios de comunicação”

Diogo Queiroz de Andrade @ ECO
mruiandre Mário, todavia, Rui, contudo, André

No Twitter

Instagram

Seguir