mruiandre Mário, todavia, Rui, contudo, André

Reactivar o Netflix

Uma das coisas boas do Netflix é permitir desactivar e voltar a activar a conta sempre que quisermos. Ou seja, posso pagar o Netflix durante um mês, ver tudo o que fomos guardei na minha lista e depois colocar a subscrição em pausa durante vários meses em que estou concentrado noutras coisas.

Ora, reactivei a conta este mês. O serviço tem vindo a ganhar muito bom conteúdo, parte dele exclusivo – Black Mirror, House of Cards, 3% e Master of None são exemplos de séries pelas quais compensa ter uma conta Netflix e pagar de vez em quando. Também lá encontrei séries que gostei de rever, como Skins. E é uma plataforma rica também em grandes stand-ups e documentários.

Comecei a explorar no Netflix a nova série documental produzida pela Vox. Intitulada Explained, são vídeos de meia hora que explicam desde a crise mundial da água ao orgasmo feminino. Já conhecia o excelente trabalho da Vox no YouTube, pelo que expectativas para esta série eram altas.

The End Of The F***ing World é uma curta série de 8 curtos episódios (de 20 minutos mais ou menos) que acompanha James, um rapaz de 17 anos que começa a planear o seu primeiro homicídio quando conhece Alyssa. Uma série “absurda, carregada de humor negro”.

Há algum tempo que tenho acompanhado o canal de Matt D’Avella no YouTube sobre como levar uma vida mais minimalista e agora aproveitei para espreitei o documentário que ele fez com “os minimalistas”. Minimalism é um bocadinho cansativo a certo ponto, mas interessante.

mruiandre Mário, todavia, Rui, contudo, André

No Twitter

Instagram

Seguir