mruiandre Mário Rui André

A “economia do biscate”

O freelance vai continuar a crescer no mercado de trabalho juntamente com a chamada “gig economy” ou “economia do biscate”, caracterizada por pessoas a saltar entre oportunidades de emprego de curta duração. Esta realidade, que se mistura com o percurso de plataformas tecnológicas como a Uber e a Glovo, motivou uma análise da Beme News – o canal de YouTube que Casey Neistat começou a criar na CNN antes de sair. No vídeo em cima responde-se a duas questões centrais: o freelance é um melhor regime que uma carreira tradicional? E a “gig economy” é uma escolha ou uma ameaça?

mruiandre Mário Rui André

No Twitter

Seguir