mruiandre Mário Rui André

As voltas que uma notícia falsa dá na imprensa portuguesa

1 – o Observador Cetelem faz um “estudo”;

2 – a jornalista Carla Viana do Público faz notícia desse “estudo”;

3 – dias depois, a ex-directora do Público Bárbara Reis publica, nesse jornal, um artigo de opinião a denunciar que o dito “estudo” é mau/tendencioso/errado e que o Cetelem ganha com a conclusão apresentada no mesmo;

4 – na semana seguinte, a Agência Lusa pega no “estudo”, ignorando os seus problemas e falhas, e em poucas horas o “estudo” que interessa ao Cetelem está espalhado por toda a imprensa portuguesa, como se de um vírus se tratasse.

Texto completo aqui.

mruiandre Mário Rui André

No Twitter

Seguir