mruiandre Mário Rui André

Estagiário

Bem sei que a palavra tem um cunho depreciativo. “Estagiário” é sinónimo de trabalho mal pago (ou à borla) ou de aproveitamento patronal. Na comunicação social em Portugal, o cenário é assustador – sei por conhecimento próprio de situações em que essa definição se aplica na perfeição, num aproveitamento, talvez, dos grupos de media para garantir quantidade de conteúdo e rapidez de publicação, poupando nos custos operacionais.

Mas estagiário não é mais que alguém que, acabado de sair de um curso académico, por exemplo, procura alguma experiência prática para melhorar a sua formação ou aperfeiçoar as competências que já tem. No Shifter, recebemos o nosso primeiro estagiário em Maio, o Tiago.

O João, o Tiago e eu

No Shifter estamos sempre à procura de colaborações e esta surgiu num molde diferente do habitual: a faculdade do Tiago contactou-nos para saber se tínhamos interesse em receber estagiários (integrados na licenciatura) e o Tiago teve interesse no Shifter. O bom disto tudo é que correu tudo bem e o Tiago ficou com os créditos de que precisava para terminar o curso.

Para uma estrutura em crescimento como a nossa do Shifter, ainda é difícil estabelecermos remunerações para os nossos colaboradores. É algo que, obviamente, temos perspectiva de conseguir não muito longe no tempo. Só agora, 5 anos depois do início do projecto, estamos a conseguir que o núcleo da equipa (eu, o João e mais duas pessoas) recebam de forma regular. Assim, ao longo destes anos, o Shifter tem sido construído graças a uma rede incrível de voluntários, que acreditam neste projecto de media alternativo em Portugal e – perdoem-me o cliché – vestem a camisola. Como fez o Tiago, que não ficou a escrever 10 textos por dia sem tempo para respirar. Em vez disso, a sua experiência aqui foi sobretudo a energia que há no Shifter, que acredito que é muito singular e que talvez o tenha motivado a querer continuar connosco.

Obrigado, Tiago, por teres vindo todos os dias para o escritório. E quem quiser colaborar connosco, é só mostrar interesse aqui.

mruiandre Mário Rui André

No Twitter

Seguir