mruiandre

Mário, todavia, Rui, contudo, André

Mário Rui André

Desde 2013 tenho vindo a criar com o João Ribeiro o Shifter, um órgão de comunicação social e disruptivo em Portugal. Neste blogue, partilho uma parte dessa aventura, bem como aquilo que me inspira e motiva, e novos projectos, como o Ciclovida – uma revista digital sobre bicicletas, chega em 2020. Encontram-me também no Twitter, Instagram e Telegram.

Histórias principais

Comunidade

C

Lisboa ficou hoje mais verde, mas acho que esta iniciativa teve um efeito secundário interessante: colocou desconhecidos a confraternizarem uns com os outros, a ajudarem-se, a conhecerem-se... Às vezes, as cidades também precisam desse espírito comunitário.

Inacabado

I

Ontem, anunciámos um novo Shifter publicando um texto que, de certa forma, dá o mote para este ano. Uma das partes mais importantes desse texto, na minha perspectiva, é esta ideia de que o Shifter é e será sempre um projecto INACABADO.

O novo Shifter

O

Ano novo, Shifter novo. No início do ano passado, embarcámos numa espécie de introspecção; olhámos para o Shifter que tínhamos e começámos a questioná-lo, pensando no que poderíamos fazer diferente. No Verão, “oficializámos” essa reflexão e partilhámo-la com a nossa Comunidade como ‘Shifter 2020’. Preparámos um manifesto, afixámos pósteres pelas ruas, e convidámos todos a participarem nesta...

Fibra

F

Portugal, um país a duas velocidades. Literalmente. A fibra óptica existe desde 2010 nos grandes centros urbanos e aqui estou eu, na ruralidade, à beira de 2020, a festejar a sua chegada. Uma década depois, o campo pode ter a mesma internet rápida e sem quebras que a cidade!

Presépio de Cardigos

P

Há vários anos que, em Cardigos (Mação), o sr. José António oferece à aldeia um presépio feito com todo o carinho e dedicação. Todos os anos a obra é diferente mas todos os anos encanta quem por altura do Natal regressa à terrinha ou simplesmente passa pela praça central.

Penedo Furado

P

A zona Centro, sempre tão fustigada com incêndios, tem pequenos paraísos que vão escapando às calamidades. É o caso do Penedo Furado, em Vila de Rei.

Logradouros

L

Em vez da construção de prédios em cima uns dos outros, em Alvalade foram projectados logradouros, isto é, espaços abertos junto às habitações para usufruto das populações. Muitos desses logradouros foram, entretanto, invadidos por construções ilegais como garagens privadas; outros são pequenos jardins ou hortas urbanas.

Originalidade

O

Depois de o Shifter ter lançado uma newsletter intitulada “Qu’ouves de Bruxelas”, eis que a Comissão Europeia decide estabelecer uma parceria com a Rádio Comercial e lançar um podcast…. com o mesmo nome! 😕 Quando soube disto, até pensei que íamos ter um podcast na Comercial mas ninguém me tinha avisado… 😂

mruiandre Mário, todavia, Rui, contudo, André

No Twitter

Instagram

Seguir