mruiandre Mário Rui André

A pouca transparência da Uber

Isto é grave. Nenhuma empresa está insenta de ataques informáticos, e o roubo de dados pessoais é frequentemente notícia. Contudo, a prática habitual por parte das empresas afectadas é avisar os utilizadores de que a sua privacidade foi comprometida. Foi o que NÃO fez a Uber.

 

 

Em Outubro de 2016, os dados pessoais de 50 milhões de passeiros e de 7 milhões de motoristas da Uber foram roubados por hackers. Em vez de emitir um alerta, a tecnológica comprou com 100 mil dólares o silêncio destes piratas informáticos. Notícia completa aqui.

mruiandre Mário Rui André